terça-feira, março 24, 2009

O Ferrari Vermelho

O árbitro assistente que apoiou Lucílio Baptista na controversa decisão de assinalar grande penalidade contra o Sporting na final da Carlsberg Cup, disputada com o Benfica no Estádio Algarve, ganha a vida como 1.º Sargento de Infantaria do Exército e reside no concelho de Setúbal, onde, segundo O JOGO apurou, é conhecido pelo seu... benfiquismo, que não reprime nem mesmo no curso de árbitros. A afeição pela cor forte do emblema da Luz - o encarnado - levou inclusivamente a que Pais António recebesse a alcunha de "Ferrari", numa alusão directa aos modelos (e à cor) de referência da famosa marca italiana de carros de alta cilindrada.



In Jornal "O Jogo"

2 comentários:

JC disse...

Olha que novidade..O que eu gostava mesmo era de ver todos estes palhaços enterrados no cemitério de Carnide,a fazer pó de Tijolo.Escória vermelha!!

cássio disse...

Enterrados de pé, para não ocupar muito espaço.