segunda-feira, janeiro 28, 2008

Por onde tem andado esta equipa?

Foi um Sporting diferente aquele que ontem subiu ao relvado de Alvalade.
Mais combativo,mais guerreiro, mais solidário e com mais sorte(talvez porque a procurou!).
Não deixo de ficar preocupado pelo forma como o Fc Porto acabou por conseguir controlar o jogo na maioria do tempo de jogo,tendo momentos em que foi de facto avassalador o ataque á nossa baliza.
E ai apareceu aquela estrelinha que tantas vezes nos vira as costas,contrariando a minha teoria,de que somos o clube mais azarado do Mundo.O nosso azar é ter ao longo dos tempos direcções pouco verdadeiras e pouco competentes,mas no campo desportivo a sorte costuma ser mesmo madrasta e o historial de jogos com o Fc Porto são disso um exemplo. Quem se esquece de anos consecutivos durante as decadas de 80 e 90 em o nosso adversário ás vezes nem meio remate fazia á baliza e acabava sempre vencedor?
Em termos globais a exibição foi sobretudo esforçada,que juntando ás oportunidades falhadas em catadupa pelo adversário,ajudaram a conquistar uma vitória bem sofrida.
Que bom seria a manutenção desta atitude até ao fim da época.O pior é que esta equipa tem respondido sempre com atitude,sempre que os adversários são calibre elevado .(vide os jogos com o Man.Utd, As Roma,D.Kiev, Benfica ,Fc Porto...) já quando os adversários são de menor nomeada ,ai as coisas mudam de figura...Será um problema de jogadores,que só se galvanizam quando os holofotes estão todos focados??
É uma pergunta que fica no ar.
Foi uma vitória que nos traz a todos mais moral,mas que não apaga tudo o que de mau se tem vindo a fazer ao longo da época. Espero que seja sinónimo no minimo de mais um pouco de irregularidade, dado que o Sporting deste ano tem sido regularmente mau,exceptuando nos jogos acima referidos.

Notas positivas no clássico
Bruno Pereirinha- O melhor em campo.Uma agradavel surpresa como lateral direito,anulando por completo os adversários que lhe apareceram pela frente,sendo um deles Ricardo Quaresma. Conheço bem este jogador das camadas jovens. Mostrou sempre muita qualidade,jogador com velocidade,enfim um flanqueador nato.
Peca pela equipa jogar num esquema que não se adequa ao seu estilo de jogo,e pelo facto de ter sido lançado cedo demais. Acho que devia rodar noutro clube pelo menos 1 ano,para depois regressar a Alvalade.

Simon Vukcevic- Um Leão!É aquele que melhor encarna os valores sportinguistas!Dá tudo o que tem,galvaniza todos com a sua raça,e tem um faro pela baliza digno de registo.Como diz um jornal desportivo hoje,descobrimos um sucessor de Ricardo Sá Pinto!

Ambiente- O facto de rapidamente termos chegado a 2-0 ajudou. Mas viveu-se de facto uma noite igual a muitas do passado,bem diferentes das que se teem vivido esta temporada! Foi um Estadio Jóse Alvalade á moda antiga!

Notas negativas

Leandro Romagnoli- É um jogador que no global continua a não me convencer. Dura pouco tempo,muito pouco tempo.Normalmente o pouco que faz ,faz bem, mas tão pouco...
Não concebo um Nº10 que não faça golos com regularidade.
Fou um erro comprar o passe dele.

Miguel Veloso- Tendo estado melhor em relação a um passado recente, mesmo assim ficou a anos luz daquilo que pode e já vimos produzir.
Tem um potencial inacreditavel e só o não tem exibido ,porque tem andado entretido com factores que devem ficar fora do futebol!
Que siga a sua recuperção de forma,o Euro 2008 está ai á porta!

Pancadaria- Continuo a não conceber guerras entre Sportinguistas. As cenas de pancadaria entre a Juve e o Duxxi ,continuam a entristecer a nossa familia.Ontem mais uma vez voltou a envolver-se tudo em cenas menos dignificantes.
Quando vai parar?

Insultos a Quaresma- Sinceramente não vi nunca Quaresma a desrespeitar o Sporting que mereça a forma como alguns o tratam.
A minha Curva Sul preocupou-se demais em insultar um ex-jogador nosso,que teve papel importante no titulo ,taça e supertaça que vencemos em 2002.
Ao contrario do que se cantou este não é igual Simão! Não está no Sporting porque não o quiseram ou não puderam contratar. Fiquei triste,mas na sua saida de campo a bancada central respondeu aplaudindo um dos seus bébes,eu da Sul também o aplaudi. Magoa-me que Quaresma não esteja do nosso lado,mas a culpa não é seguramente dele,mas sim da politica de contratações desastrosa que tem sido levada a cabo no nosso clube.Quaresma não merecia!

3 comentários:

Anónimo disse...

Boa tarde,

NMC,
Concordo com a tua analise, e, não querendo ser repetitivo acrescento algumas questões/ pontos que eu considero importantes.
Quando apontas a falta de atitude dos jogadores contra as chamadas equipas pequenas, penso, que não é só a eles que a atitude falta, mas, como a toda estrutura:

Será, que a equipa técnica consegue passar a mensagem de que os pontos contra as equipas pequenas valem o mesmo que os pontos conquistados contra as equipas de topo e que no final o peso dos pontos conquistados contra as equipas pequenas tem um peso muito superior na contabilidade final?

Será, que os dirigentes ainda não perceberam que a comunicação social também serve para comunicar com a equipa técnica, plantel e sócios e por consequência alertar para os mais distraídos, que o próximo jogo é sempre o mais importante?

Será que o apoio dos adeptos no passado domingo não teve a sua influência nas decisões dos árbitros, jogadores e até no adversário, porque não transportar esse ambiente para os jogos com menos “importância”, é claro que é difícil, mas a atitude do publico é que conta, se não estamos 40000 penso que 20000 com a mesma atitude seremos capazes de ajudar a influenciar o resultado final?

E por fim, é com bastante tristeza que assisto,e cito “a não conceber guerras entre Sportinguistas”, FALTA DE CULTURA ULTRA, sempre tivemos bem presente que os inimigos são a policia e os grupos de adeptos dos clubes rivais, ainda no final do jogo, cruzei me com vários tripeiros, e pensava, se isto fosse como antigamente, nunca mais vinhas passear a Lisboa, pois, mamavas…ao contrario de hoje, andamos preocupados com os nossos, quando os outros continuam a passear em a Alvalade.

Um grande abraço,
DTS

Anónimo disse...

Onde é que já vi este filme:

"Em Portugal estamos a caminhar para o futebol McDonalds, em que as claques são as 'cheerleaders' e o dirigente da claque é o chefe da banda. Só estão ali para cantar e bater palmas, não se atrevem a criticar". Rui Teixeira, membro dos Super Dragões há duas décadas e um dos seus históricos dirigentes durante boa parte desse período, desencantou-se com o curso recente da claque. "Os Super Dragões venderam a consciência, venderam a voz política e colocaram a claque ao serviço da direcção do F.C. Porto, não ao serviço do clube, que devia ser o objectivo único da claque". O resultado - assevera - é evidente "Na claque, o espaço para críticas está cada vez mais fechado. Mas há lá muita gente, verdadeiros ultras, gente da velha guarda, que concorda com as minhas críticas". Única voz visível de discordância da claque liderada por Fernando Madureira, Rui Teixeira deixou o comando da associação de adeptos juntamente com Paulo Trilho depois de Janeiro de 2006 - a estrutura tinha até então direcção tripartida, com chefia organizada rotativamente de forma informal entre os três. Descontente com a "subserviência dos Super Dragões relativamente à direcção do Porto", Rui Teixeira viu-se afastado da liderança depois do conhecido 'Caso Adriaanse', quando, no início de 2006, a viatura do então treinador do Porto foi vandalizada, tendo havido ameaças à integridade do holandês. A direcção do Porto tê-lo-á ligado aos acontecimentos; Antero Henriques (director-geral de futebol da F.C.Porto SAD) terá exigido o afastamento de Teixeira e de Trilho, exigindo também, como pedia a Lei, a constituição de uma associação de adeptos. "Não vejo clareza de procedimentos na constituição dessa associação", diz Rui Teixeira, que critica também a política de distribuição de bilhetes que o clube cede aos Super Dragões para cada jogo (cerca de dois mil) "São vendidos demasiados bilhetes, em termos percentuais, a pessoas sem espírito ultra, sem espírito de claque. E isso enfraquece ainda mais os Super Dragões".Confrontado pelo JN com as declarações do ex-companheiro de chefia, Fernando Madureira, agora solitário presidente da claque, desprecia as críticas."Primeiro, a claque está completamente legal; o processo envolveu sempre advogados (...) e havemos de ter eleições, creio que em 2010. Segundo a claque não perdeu capacidade crítica; acontece só não haver agora razões para criticar a direcção. Recordo que estamos a 14 pontos do Sporting e a 11 do Benfica. E depois, as críticas, aqui, fazem-se dentro de casa, não na praça pública. Nós não damos tiros nos pés". Madureira diz compreender as críticas - "vivemos, e ainda bem, em democracia" - e acha normal a análise de Rui Teixeira. "Afinal ele agora está de fora. Acho natural que pense assim".

Bruno_Ultra disse...

a malta quer é meia bola e força... vamos saborear a vitoria pq foi conseguida com muita sorte e algum esforço! aproximam se bons jogos Basel e Benfica esses sim verdadeiros testes pra nos! dentro e fora do campo!
Penso q para quem la esteve foi um optimo dia de bola e quanto mais nao seja GANHAMOS e 70% do pessoal embebedou se!
deu para esuqecer a merda de direcção q temos, os Tuis os Ferneruds etcs...
Mas tb digo uma coisa ele esta lá com 75% dos votos, é pq mt gente votou nele e acreditou no projecto. agora é esperar... ou nao...